topo frente

Horto de plantas medicinais do Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM

Processo nº: 3662/2010
Órgão Proponente:
Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM
Parceiros na realização do projeto (no período de abrangência deste relatório): não há
Órgãos financiadores (se possível com n° de processo de valor): não há
Outros órgãos da UEM envolvidos (siglas): PEC, DBI, DFA
Apoio/Parceiros: CNPq, FADEC, Receita Federal, Fundação Vitae, Secretaria Nacional da Ciência e tecnologia para a Inclusão Social, Fundação dos Rotarianos de Maringá.

Equipe envolvida em 2016:
Coordenador: Maria Auxiliadora Milaneze Gutierre
Docentes da UEM: Adriana Lenita Meyer Aliero; Débora de Mello Gonçales Sant’Anna; Marcílio Hubner de Miranda Neto
Alunos da UEM: Bruna Lana Campanenute Soares; Mathiele Isadora Lima de Oliveira; Marilia Alves Grandini Cabreira; Álvaro Antônio Felipe Soares

Ações desenvolvidas no ano de 2016: O horto de plantas medicinais do Museu Dinâmico Interdisciplinar está instalado, em dois jardins: um localizado do Bloco O-33 e outro, maior, no terreno lateral do estacionamento do Mudi, contando com apoio pelo Ministério da Educação através do Programa de Extensão Universitária (Proext-2009 e Proext-2013). Tais jardins temáticos têm como finalidade incrementar as ações, do presente projeto cumprindo os objetivos de repassar informações relacionadas com a importância das plantas aos visitantes do Mudi, em relação ao tratamento de diversas enfermidades, sempre com o respaldo de profissionais da área da fitoterapia, e apresentar a forma correta de utilização das espécies vegetais. Durante as atividades do ano de 2016, o jardim menor foi totalmente restaurado, enquanto que o maior pode ser finalizado, sendo nele cultivadas diversas espécies de plantas aromáticas e/ou medicinais. Para o cultivo das espécies medicinais e aromáticas, tivemos o auxílio de funcionários do Parque Ecológico (PQE/UEM) e do próprio Mudi, os quais prepararam as áreas destinadas aos canteiros, afofando a terra, acrescentando adubos orgânicos resultante do processo de compostagem realizada no próprio campus da UEM, palhada de galhos triturados na UEM para cobrir o substrato, seguidos do plantio das mudas adquiridas pelo projeto financiado pelo Proext-2013. Também foi instalado o sistema de irrigação, sendo eles por gotejamento e aspersores. O espaço dever ser aberto ao público visitante do Mudi em breve, contando também com espécies com apelo ao paladar (frutíferas, canela, estévia, etc.), ao tato (cactos e suculentas) e à visão (folha e flores coloridas), e configurando-se num local onde o visitante terá a oportunidade de experimentar e conhecer uma diversidade espetacular de plantas, com aromas e texturas diferentes em um só ambiente.

Público alcançado/característica do público:

Visitas agendadas

número de pessoas

Ensino Fundamental      (Professores e alunos)

4.574

Ensino Médio     (Professores e alunos)

12.756

Organizações não governamentais

170

Visitas espontâneas (sem agendamendo)

1.212

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc): Os resultados desse projeo de extensão foram publicados no 14º Fórum de Extensão da UEM (2016).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Título:Horto de plantas medicinais do Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM
Processo nº:3662/2010

Órgão Proponente:Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM

Parceiros na realização do projeto (no período de abrangência deste relatório):não há

Órgãos financiadores (se possível com n° de processo de valor): não há

Outros órgãos da UEM envolvidos (siglas): PEC, DBI, DFA

Apoio/Parceiros:CNPq, FADEC, Receita Federal, Vitae, Secretaria Nacional da Ciência e tecnologia para a Inclusão Social, Fundação dos Rotarianos de Maringá.

Equipe envolvida:
Coordenador:Maria Auxiliadora Milaneze Gutierre

Docentes da UEM:
Maria Aparecida Sert
Marcílio Hubner de Miranda Neto
Adriana Lenita Meyer Aliero

Alunos da UEM:
Victor Eduardo Cury (bolsista)
Caio Noritake Louzada
Fabiana Regina Gallo
Ligia Debone Piazza
Lucas Antonio Costa Esteves
Miyoko Massago
Samara Colaoto Herreiro

Técnicos administrativos da UEM:
Gilberto Gumieri


Ações desenvolvidas no ano de 2010:
Este projetofaz parte do PROEXT 2009. Na primeiraetapa de execução, osacadêmicosenvolvidosnesteprojetodesenvolveramsuasatividades de extensãoatendendoaopúblicovisitante do MuseuDinâmico, repassando para a comunidadeinformaçõessobre o cultivo, identificação e usocorreto das plantasmedicinais. Para quetaisatividadespusessemserrealizadas, inicialmenteosmonitorespesquisaramsobre o assuntoPlantasMedicinais e Aromáticas e elaborarampequenaspalestras com as principaisinformaçõesobtidas, sempre com ênfasenasespécies de plantasmaisusadasemnossaregião.
AochegaremaoMudi, osvisitanteseramencaminhadosaojardimexterno, e aolado dos canteiros com espéciesmedicinais e aromáticas, recebiamexplicaçõessobreaimportânciadestetipo de medicinacomplementar. Destaquedeveser dado para o usoindevido das plantas, o quepodeocasionarefeitoscolateraisindesejados.

Públicoalcançado/característica do público:

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 454
Ensino Fundamental e Médio (estudantes e professores): 12.356
Ensino Superior (acadêmicos e professores): 370
Ensinotécnico: 197
Terceira idade: 476
Total 13.853

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):


Ações desenvolvidas no ano de 2011:
Este projetofaz parte do PROEXT 2009, tendosidocontemplado com recursos para aimplantação de mais um espaçotemático do Mudi, contanto com diversasespécies de plantasmedicinais e aromáticaafim de compor um ‘jardim das sensações’. Nesteespaçoosvisitantes do Mudipoderãotercontatodireto com osóleosessenciaisproduzidosportaisvegetais, aonelastocarem. Com auxílio do prof. Dr. Rafael Alves de Souza (departamento de Engenharia Civil) e de seuorientado de TCC, o formandoemEngenharia Civil Marcos Silveira, foiplanejada e estrutura a cúpulageodésicaqueservirá com estufaagrícoladesteprojeto. Tal estrutura, emtubosmetálicoscoloridos, seráuma das atrações do espaçotemáticoacimacitado, tendo12 metros de diâmetro e poucomais de 7 metros de altura. Afim de realizaresteprojeto, durante o ano de 2011 foramrealizadostodosospedidos de compras dos materiais a seremutilizados no referidoambientetemático.
Enquantotaljardimnão fique disponívelaosvisitantes do Mudi, osestagiáriosinteragem com osvisitantesmostrando-lhespequenoscanteiros de plantasmedicinais e aromáticasdispostosnalateral do Mudi, e aliexplicam a importânciadestetipo de medicinacomplementar, assimcomoosefeitosadversosquepodeocasionarcasosejautilizada de forma inadequada.

Públicoalcançado/característica do público:

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 1185
Ensino Fundamental (estudantes e professores): 7831
EnsinoMédio (estudantes e professores): 5441
Ensino Superior (acadêmicos e professores): 1003
Terceira idade: 31
Total 15.491

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):
Osresultadosobtidosnesseperíodo de execuçãoforamapresentados no 9o. Fórum de Extensão da UEM.


Ações desenvolvidas no ano de 2012:
Este projeto está sendo desenvolvido nos ambientes temáticos do Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM, um museu de ciências que promove ações de educação não formal junto à comunidade marigaense e da região. Contanto com os recursos advindos do PROEXT 2009 (MEC/Governo Federal), encontra-se em fase final de implantação o ambiente temático próprio para este projeto, ao lado do bloco O-33, em uma grande área de jardins, disponibilizada aos visitantes deste museu. Enquanto tal jardim não fique disponível aos visitantes do Mudi, os estagiários interagem com os visitantes mostrando-lhes pequenos canteiros de plantas medicinais e aromáticas dispostos na lateral do Mudi, e ali explicam a importância deste tipo de medicina complementar, quais as espécies mais comuns em nossa região, as formas medicamentosas utilizadas e os efeitos adversos que pode ocasionar caso sejam utilizadas de forma inadequada.


Públicoalcançado/característica do público:

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 633
Ensino Fundamental e Médio (estudantes e professores): 8.553
Ensino Superior (acadêmicos e professores): 515
Ensinotécnico: 443
Terceira idade: 11
CEEBJA: 243
Visita livre (comunidade em geral): 1.210
Total 11.608


Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):não foram realizadas publicações nesse período.


Ações desenvolvidas no ano de 2013:
As plantas medicinais são utilizadas pelas populações humanas como forma medicamentosa, e em algumas vezes, como únicas opções de tratamento de doenças. Nas ultimas décadas ocorreu o retorno aos tratamentos auxiliares à alopatia, e dentre eles, o uso de plantas medicinais. Entretanto, nota-se que muitos equívocos podem ocorrem pela não observação de princípios básicos quanto ao uso das plantas como forma de tratamento para doenças, desde erros na identificação da espécie alvo, partes utilizadas e atém mesmo no modo de preparo do medicamento. Portanto, o repasse de tais informações são necessárias para os visitantes do Mudi, um museu de ciências que receber diariamente centenas de pessoas das mais variadas idades. Nesse museu, os monitores responsáveis pelo atendimento aos visitantes preparam pequenas palestras sobre as espécies de plantas medicinais mais comuns em nossa região, destacando sua utilização, e também as contraindicações que apresentam, tendo por base o ambiente temático ao lado do Mudi, o qual conta atualmente com 16 espécies.


Públicoalcançado/característica do público: 14.756

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):
As revisoes bibliográficas e estudos paisagísticos realizados pelo técnico Reinaldo Sorieni e os acadêmicos envolvidos encontram-se disponíveis em <https://www.youtube.com/watch?v=uHjVvah5GJo>.

d2

d6