topo frente

Cultivo de orquídeas e bromélias: aspectos ecológicos e horticulturais.

Processo nº: 3656/2004
Órgão Proponente: Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM
Parceiros na realização do projeto (no período de abrangência deste relatório): não há
Órgãos financiadores (se possível com n° de processo de valor): não há
Outros órgãos da UEM envolvidos (siglas): PEC, DBI
Apoio/Parceiros: CNPq, FADEC, Receita Federal, Vitae, Secretaria Nacional da Ciência e tecnologia para a Inclusão Social, Fundação dos Rotarianos de Maringá.

Equipe envolvida em 2016:
Coordenador: Maria Auxiliadora Milaneze Gutierre
Docentes da UEM: Débora de Mello Gonçales Sant’Anna; Marcílio Hubner de Miranda Neto
Alunos da UEM: Jonson Rodrigues de Farias Junior; Antônio José Morato Pinto Gonçalves; Fernanda Moreira Florêncio
Técnicos administrativos da UEM: não há

Ações desenvolvidas no ano de 2016: Este projeto de extensão conta com ambiente temático próprio, o “Laboratório de cultivo de orquídeas in vitro e bromélias”. Os monitores desses ambiente temático do Mudi, prepararam pequenas palestras direcionadas ao público visitante, recolhendo dados na literatura cientifica e produzindo relatórios e resumos científicos condizentes com as atividades propostas ao projeto de extensão. Além de repassar os métodos de cultivo de orquídeas e bromélias in vitro, também são repassados os detalhes da biologia floral, associações micorrízicas e aspectos comercias dessas espécies. Durante o atendimento ao público visitante é ressaltando a importância da preservação ambiental e a conservação de espécies da flora brasileira. Para tanto são mostradas as culturas in vitro e explicadas as diversas formulações dos meios de cultivo e as especificidades de cada espécie, sendo uma maneira rápida de propagação em massa de mudas vigorosas, mas o sucesso das técnicas depende de fatores inerentes ao tecido vegetal (genéticas e fisiológicas) e condições térmicas e luminosas em que a cultura é mantida, além de formulações nutritivas apropriadas. As plantas produzidas por este método também têm alta relevância para programas de reintrodução de espécies nativas em áreas de preservação ambiental, podendo recompor as populações nativas e solucionar as questões do extrativismo vegetal em nossas poucas florestas nativas. As culturas in vitro também servem de exemplo de como o ciclo da água ocorre na natureza, com movimento contínuo das moléculas de água entre as fases de vapor e líquido. O visitante pode observar a formação de gotículas de água na superfície interna dos vidros com culturas de orquídeas e bromélias, resultantes da transpiração desses vegetais. Os resultados das pesquisas e das ações extensionistas foram apresentados no 14º. Fórum de Extensão e Cultura da UEM.

Público alcançado (características do público):

Visitas agendadas

Número de pessoas

Educação Infantil       (Professores e alunos)

567

Ensino Fundamental      (Professores e alunos)

4.574

Ensino Médio     (Professores e alunos)

12.756

Ensino Superior       (Professores e alunos)

255

Ensino Técnico         (Professores e alunos)

370

Educação de Jovens e Adultos.........(Professores e alunos)

149

Organizações não governamentais

170

Visitas espontâneas (sem agendamendo)

1.212

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc): Os resultados desse período foram publicados no 14º Forum de extensao e no XVI Encontro Mariangaense de Biologia (Emabi 2016). 

 

 

 

 

Título:Cultivo de orquídeas e bromélias: aspectos ecológicos e horticulturais
Processo nº:3656/2004

Órgão Proponente:Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM

Parceiros na realização do projeto (no período de abrangência deste relatório):não há

Órgãos financiadores (se possível com n° de processo de valor): não há

Outros órgãos da UEM envolvidos (siglas): PEC, DBI

Apoio/Parceiros:CNPq, FADEC, Receita Federal, Vitae, Secretaria Nacional da Ciência e tecnologia para a Inclusão Social, Fundação dos Rotarianos de Maringá.
Equipe envolvida:
Coordenador:Maria Auxiliadora Milaneze Gutierre

Docentes da UEM:
Marcílio Hubner de Miranda Neto

Alunos da UEM:
André Ferreira de Oliveira
Caio Noritake Louzada
Ligia Debone Piazza
Samara Colaoto Herreiro
Mariana Sanches Santos
Priscila Gonçalves Arantes
Tânia Camila Crivelari
Eliezer de Oliveira Conceição
João Lucas Toneli
Gabriel Ávila Carreri

Comunidade externa:
Itamar Cossina Gomes (Cesumar)

Técnicos administrativos da UEM:não há


Ações desenvolvidas no ano de 2010:
Este projeto de extensão está sendo desenvolvido no Laboratório de Cultivo de Orquídeas do Museu Dinâmico Interdisciplinar da UEM (Bloco O-33), o qual, desde o início de 2010 conta com mais uma sala climatizada, com mobiliário e equipamentos adequados para o atendimento ao público visitante do Mudi.
Durante o período de estágio os acadêmicos/monitores deste projeto realizam pesquisas sobre o cultivo de orquídeas in vitro, sempre com o objetivo de encontrar os métodos mais adequados para a produção de mudas em larga escala. Os resultados destes trabalhos acadêmicos são publicados em eventos de extensão e as informações científicas são repassadas à comunidade, objetivo este da extensão universitária.
Nasdependências do laboratório de cultivo de orquídeas e broméliassãodemonstradasaopúblico as técnicas de produção de mudas para replantioemáreas de vegetaçãonativa e para suprir a demanda dos colecionadores e comerciantes de orquídeas.
No jardiminterno do Mudi, os monitores recebem os visitantes e mostram como devem ser as condições ideais para a manutenção das espécies de orquídeas e bromélias em espaços internos. Da mesma forma, são repassados conceitos relacionados com a botânica e aecologia. Com auxílio de bannersilustrados, os visitantes recebem informações sobre as espécies de bromélias e sua importância na manutenção das cadeias alimentares das florestas brasileiras, por vezes servindo como únicas fontes de água para osanimais do dossel.


Públicoalcançado (características do público):

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 454
Ensino Fundamental e Médio (estudantes e p: 370
Ensinotécnico: 197
Terceira idade: 476
Total 13.853

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):os resultados desse projeto foram publicados no 8º. Forum de Extensão da UEM.


Ações desenvolvidas no ano de 2011:
Este projeto de extensão conta com ambiente temático próprio, o laboratório de cultivo de orquídeas in vitro e bromélias’. Nele são realizadas demonstrações das técnicas de produção No jardim interno do Mudi, os monitores recebem os visitantes e mostram como devem ser as condições ideais para a manutenção das espécies de orquídeas e bromélias em espaços internos. Da mesma forma, são repassados conceitos relacionados com a botânica e a ecologia. Neste local os visitantes também recebem informações sobre as espécies de bromélias e sua importância na manutenção das cadeias alimentares das florestas brasileiras, por vezes servindo como únicas fontes de água para os animais do dossel. de mudas em larga escala, tanto para o replantio em áreas de vegetação nativa quanto para suprir a demanda dos colecionadores e comerciantes de orquídeas.
No ambiente urbano é enfatizada a necessidade de se manter as cisternas das bromélias sempre secas, para que não se configurem como local para a criação das larvas de Aedes aegypti, o mosquito que pode transmitir a dengue. Neste momento abre-se o debate relacionado com a possibilidade das bromélias servirem como criadouros de larvas do citado mosquito, em comparação com a grande quantidade de recipientes (de diversos materiais) que se encontram espalhados pelos terrenos baldios das cidades e nos grandes aterros sanitários mal gerenciados.
Durante este período de atividades foram desenvolvidos subprojetos relacionados com ambos os grupos vegetais, culminando em 03 trabalhos científicos apresentados em eventos da UEM.

Públicoalcançado (características do público):

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 1185
Ensino Fundamental (estudantes e professores): 7831
EnsinoMédio (estudantes e professores): 5441
Ensino Superior (acadêmicos e professores): 1003
Terceira idade: 31
Total 15.491

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):os resultados desse período de abragencia do projeto foram publicados no 9º. Forum de Extensão da UEM (setembro de 2011) e no XIII Encontro Maringaense de Biologia(setembro de 2011).


Ações desenvolvidas no ano de 2012:
Este projeto de extensãoconta com ambientetemáticopróprio, o “Laboratório de cultivo de orquídeasin vitro e bromélias”. Assimcomoemanosanteriores, neste local sãorealizadasdemonstrações das técnicas de produção de mudasemlargaescala, tanto para o replantioemáreas de vegetaçãonativaquanto para suprir a demanda dos colecionadores e comerciantes de orquídeas. No jardiminterno do Mudi, osmonitoresrecebemosvisitantes e mostramcomodevemser as condiçõesideais para a manutenção das espécies de orquídeas e broméliasemespaçosinternos. Da mesma forma, sãorepassadosconceitosrelacionados com a botânica e aecologia. Neste local osvisitantestambémrecebeminformaçõessobre as espécies de bromélias e suaimportâncianamanutenção das cadeiasalimentares das florestasbrasileiras, porvezesservindocomoúnicasfontes de água para osanimais do dossel. No ambienteurbano é enfatizada a necessidade de se manter as cisternas das broméliassempresecas, para quenão se configuremcomo local para a criação das larvas de Aedesaegypti, o mosquito quepodetransmitir a dengue. Nestemomentoabre-se o debate relacionado com a possibilidade das broméliasserviremcomocriadouros de larvas do citado mosquito, emcomparação com a grandequantidade de recipientes (de diversosmateriais) que se encontramespalhadospelosterrenosbaldios das cidades e nosgrandesaterrossanitários mal gerenciados.
.

Públicoalcançado (características do público):

Educaçãoinfantil (estudantes e professores): 633
Ensino Fundamental e Médio (estudantes e professores): 8.553
Ensino Superior (acadêmicos e professores): 515
Ensinotécnico: 443
Terceira idade: 11
CEEBJA: 243
Visita livre (comunidade em geral): 1.210
Total 11.608


Ações desenvolvidas no ano de 2013:
Este projeto de extensãoconta com ambientetemáticopróprio, o “Laboratório de cultivo de orquídeasin vitro e bromélias”. Assimcomoemanosanteriores, neste local sãorealizadasdemonstrações das técnicas de produção de mudasemlargaescala, tanto para o replantioemáreas de vegetaçãonativaquanto para suprir a demanda dos colecionadores e comerciantes de orquídeas. Tendoem vista a participação de acadêmicos do curso de agronomia, no ano de 2013 foi dada ênfasenaimportânciaeconômica das orquídeas e bromélias, tantocomoprodutos de ornamentaçãoemvasosquanto para a produção de essência de baunilha a partir dos frutos das espécies de Vanilla. No jardiminterno do Mudi, osmonitoresrecebemosvisitantes e mostramcomodevemser as condiçõesideais para a manutenção das espécies de orquídeas e broméliasemespaçosinternos. Da mesma forma, sãorepassadosconceitosrelacionados com a botânica e aecologia. Neste local osvisitantestambémrecebeminformaçõessobre as espécies de bromélias e suaimportâncianamanutenção das cadeiasalimentares das florestasbrasileiras, porvezesservindocomoúnicasfontes de água para osanimais do dossel. No ambienteurbano é enfatizada a necessidade de se manter as cisternas das broméliassempresecas, para quenão se configuremcomo local para a criação das larvas de Aedesaegypti, o mosquito quepodetransmitir a dengue. Nestemomentoabre-se o debate relacionado com a possibilidade das broméliasserviremcomocriadouros de larvas do citado mosquito, emcomparação com a grandequantidade de recipientes (de diversosmateriais) que se encontramespalhadospelosterrenosbaldios das cidades e nosgrandesaterrossanitários mal gerenciados.

Públicoalcançado (características do público):

Instituições de ensino (visitas agendadas)
Ensino superior: 822 alunos e 40 professores
Ensino médio: 3020 alunos e 186 professores
Ensinotécnico: 301 alunos e 29 professores
Ensino Fundamental: 7746 alunos e 541 professores
EducaçãoInfantil: 819 alunos e 89 professores
Terceira Idade: 206 alunos e 19 professores
Educação Especial: 17 alunos e 6 professores

Comunidadeemgeral(visitas com ou sem agendamento)
Comunidade: 915


Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):os resultados desse período não foram publicados.

Produção científica e técnica (arquivo ou link de resumos apresentados em eventos, artigos publicados, etc):os resultados desse período de abragencia do projeto foram publicados no 10º. Forum de Extensão da UEM Disponível em: <http://www.dex.uem.br/forum/images/10forum/Poster/Meio%20Ambiente/cultivo%20de%20orquideas%20e%20bromelias%20aspectos%20ecologicos%20e%20horticulturais.pdf>.

d1

d10